prédio de entrada da escola eleva da barra da tijuca no rj

Escolas Eleva do Rio de Janeiro – Review completo

As escolas Eleva do Rio de Janeiro estão entre as melhores do Brasil. São escolas bilíngues em tempo integral, que oferecem um projeto pedagógico moderno e exclusivo. Elas ficam em Botafogo e na Barra da Tijuca.

O resultado são altos índices de aprovações em universidades nacionais e internacionais. Mas também estão presentes no ranking das escolas mais caras do Brasil. 💰 Uma boa notícia é que oferece bolsa de estudos!

Esta abordagem levou famosos como Bruno Gagliasso e Luana Piovani a matricularem seus filhos nas unidades do Rio de Janeiro. Mas, será que a rede de escolas Eleva é boa mesmo, ou só tem fama? 

Neste post você conhecerá as principais informações: como fazer para entrar com bolsa, como são os espaços, e descobrirá porque o currículo é tão diferente.

Boa leitura!

Visão Geral da Escola Eleva

Existem quatro escolas Eleva. As duas do Rio de Janeiro ficam em Botafogo e na Barra da Tijuca. Elas foram fundadas em 2017 e 2019, respectivamente. As demais estão em Brasília e Recife. 

Este texto fala das duas escolas do Rio de Janeiro. Tem vários pontos que valem para todas, já que o projeto pedagógico é o mesmo. Quando houver diferença, falarei sobre ela aqui no post.

É importante não confundir as escolas com a rede de educação Eleva. A rede gerencia uma série de colégios em todo o Brasil, como Elite, Alfa CEM, Pensi, entre outras. A escola Eleva é um dos colégios dessa rede.

Abaixo, você confere um Raio X com as principais informações sobre a Escola Eleva no Rio de Janeiro. 

SériesEducação Infantil ao Ensino Médio em ambas as unidades. 
Posição no Enem3ª melhor do RJ em 2019, segundo dados da ZBS Educação.
Modelo de escolaParticular, bilíngue e em tempo integral. 
Estilo de ensinoProjeto pedagógico próprio que combina currículo tradicional e metodologia ativa, currículo bilíngue, e grande oferta de atividades complementares.
Valor da mensalidadeR$5.486 para Ensino Infantil e Médio em 2022, segundo levantamento da Forbes.
InstalaçõesBarra da Tijuca: quadras poliesportivas, campo society, pista de atletismo, salas de criação, ginásio coberto, salas multimídia, bibliotecas, auditório, parquinho, sala de música e teatro.

Botafogo: bibliotecas, laboratórios, salas de música, salas de artes, salas de criação, salas multimídia, pátio, parquinho, quadra poliesportiva, espaços de convivência.

DiferenciaisProjeto pedagógico, infraestrutura moderna, currículo e metodologias de ensino. 
Ensino de idiomasInglês no projeto bilíngue, outros idiomas como atividades complementares.
Atividades extracurricularesDisponíveis em todas as unidades: aulas voltadas a artes, tecnologias, ciências, esporte, corpos, outros idiomas, design e arquitetura, lutas, danças, yoga, ginástica artística, esportes com bola. As atividades dependem de empresas parceiras e são cobradas separadamente. 
Bolsa de estudosOferece bolsas em todas as unidades. Veja como concorrer aqui.
UniformesCada pai ou mãe compra para os seus filhos. Veja os detalhes para todas as unidades.
ContatoBotafogo:
Telefone: (21) 3952-6266
WhatsApp: (21) 97215-9983
E-mail: ​admissoes.botafogo@escolaeleva.com.br

Barra da Tijuca: 
Telefone: (21) 3952-6266
WhatsApp: (21) 97215-9983
E-mail: admissoes.barra@escolaeleva.com.br

Como chegar?

A escola de Botafogo está na Rua General Severiano, n. 159. Tem muitos parques e restaurantes próximos. Tem metrô e pontos de ônibus perto também, então a locomoção para a escola é bem tranquila.

Clique aqui para explorar a região no Google Maps.

A partir de 2023, alunos do Ensino Médio de Botafogo estudarão em uma unidade em frente à Praia da Urca. É o prédio que já foi da TV Tupi, em localização privilegiada no RJ.

A escola Eleva da Barra da Tijuca está na Av. José Silva de Azevedo Neto, n. 309. Fica em frente ao condomínio Península e está próxima de restaurantes, hospital e shopping.

Veja a região no Google Maps clicando aqui. Se preferir, você também pode fazer um tour virtual  pela unidade da Barra. 

Qual é a melhor escola Eleva do RJ?

As duas escolas têm excelente desempenho em vestibulares e no Enem.

Em questão de infraestrutura, a escola Eleva de Botafogo é ligeiramente melhor, segundo a plataforma SchoolAdvisor. Em termos de corpo docente e projeto pedagógico, as duas unidades são equivalentes. 

Os valores de mensalidade também são equivalentes. Por isso, se o deslocamento não for um problema, visite ambas antes de escolher.

Quem são os alunos famosos das Escolas Eleva no Rio de Janeiro?

No caso, os famosos são os pais. Em 2018, estavam matriculados na Eleva de Botafogo dos filhos de:

  • Regina Casé
  • Taís Araújo
  • Glória Maria
  • O casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso.
  • Em 2017, o filho mais velho de Luana Piovani e Pedro Scooby estudava na unidade da Barra da Tijuca.

O Eleva ganhou da revista Veja o título de “colégio queridinho dos famosos”, em reportagem de 2018

Quais são os diferenciais da escola Eleva?

Os diferenciais que conquistam famosos e anônimos estão relacionados com o modelo de ensino. A escola Eleva nasceu com o conceito de “escola premium” – justamente para se diferenciar em relação à maioria dos colégios particulares do RJ.

Os componentes do método são: 

  • Projeto pedagógico: formação com foco na inovação e no desenvolvimento das habilidades socioemocionais dos alunos. 
  • Currículo: combina as matérias que caem nos vestibulares com currículos internacionais e atividades complementares.
  • Metodologia de ensino: estratégias específicas e variadas para transmitir os conhecimentos. 
  • Infraestrutura moderna: espaço amplo e moderno com locais específicos para aplicar o método de ensino.
crianças sentadas em uma mesinha conversando com uma orientadora da escola eleva da barra da tijuca

Como é o projeto pedagógico?

Desde o Ensino Infantil, oferece ensino integral em dois idiomas. Em todos os níveis de ensino, apresenta outros métodos e culturas, nas duas unidades. O objetivo é desenvolver o “cidadão brasileiro global”.

A missão do colégio é: 

Formar uma nova geração de líderes capazes de fazer a diferença em suas vidas e de contribuir para um mundo melhor.

A visão da equipe pedagógica é que ir bem nas disciplinas tradicionais não é o suficiente para ter sucesso. Precisa ter pensamento crítico, conhecer o método científico, ter proatividade e saber colaborar.

Com base nesses valores, a escola Eleva trabalha três pilares para formar líderes e oferecer formação completa.

O primeiro é a excelência acadêmica. A abordagem é de um ensino rígido e disciplinado, mas que conecta as disciplinas com o cotidiano dos alunos. Por isso, as aulas abordam temas como tecnologia, sustentabilidade, cultura, ética, entre outros temas. 

Além disso, existem métodos específicos para matérias consideradas difíceis, como matemática. São projetos que tornam as aulas mais divertidas, no que a direção chama de “combinar tradição e inovação”.

O segundo pilar é a inteligência de vida. Significa desenvolver habilidades socioemocionais durante a vida acadêmica.

O terceiro pilar é a cidadania global. É aprender a viver em comunidade, trabalhar junto dos outros e ter contato com diferentes culturas. Veja mais no vídeo abaixo:

Como é o currículo?

As duas unidades têm currículos que combinam vários programas do Brasil e de outros países. 

A principal referência é a Base Nacional Curricular Comum. São as disciplinas básicas de todas as escolas do Brasil, como Português, Matemática, História, Geografia e afins. 

Elas são complementadas pelo International Early Years Curriculum e o International Primary Curriculum. É um currículo voltado ao desenvolvimento de projetos para ensinar o método científico, desenvolver pensamento crítico, e ensinar inglês.

O currículo de inglês também tem como base o Projeto AERO, do governo dos EUA para escolas bilíngues estrangeiras. A referência é a base curricular dos alunos norte-americanos.

No final do Ensino Fundamental, os alunos podem cursar disciplinas em inglês em um programa chamado International Baccalaureate Diploma Program. É um projeto que existe em todo o mundo, com programação individual para cada escola. Dura dois anos e por enquanto está disponível apenas na escola Eleva de Botafogo. 

O resultado dessa combinação é a alfabetização em dois idiomas simultaneamente.

Além dos currículos em português e inglês, alunos podem escolher entre várias aulas extracurriculares. As opções sempre mudam, mas são das áreas de artes, tecnologia, ciências, entre outras. 

Parte das atividades complementares são esportes. Além das aulas de Educação Física, tem várias modalidades. Dede os clássicos de escola, como futsal e vôlei, até tênis, badminton, atletismo e dança. 

Qual é a metodologia da Escola Eleva?

As duas unidades do Rio de Janeiro usam a metodologia ativa para promover aulas participativas. Ou seja, na maior parte do tempo, o professor não fica na frente da sala apresentando o conteúdo para os alunos. Ao invés disso, ele media as discussões e desenvolve projetos junto com os estudantes. 🤝

Os alunos se dividem em pequenos grupos para troca de ideias. Depois passam por várias etapas, como por exemplo:

  • Definem objetivos de aprendizagem para cada dia. 
  • Fazem debates e discussões em pequenos grupos e com toda a turma. 
  • Sintetizam o conhecimento, liderados pelos professores. 
  • Alunos comentam e corrigem as atividades dos colegas junto com o professor.
  • A turma tem um momento próprio para demostrar que atingiu os objetivos do dia.
  • Desenvolvem trabalhos em grupo para resolução de problemas.
alunas sentadas em uma escola discutindo um trabalho em grupo

O Eleva também trabalha habilidades de tecnologia, engenharia, ciência da computação, e design com métodos e espaços próprios focados na solução de problemas práticos:

  • Media: momentos para trabalha fotografia e criação de vídeo com estúdios para tal. 
  • Maker: aulas para criar projetos digitais e manuais. Trabalham com resina, madeiras, impressoras 3D, máquinas de corte, entre outras. 
  • Coding: são aulas de programação em várias linguagens.
  • Digital Literacy: aulas sobre cultura digital, incluindo segurança e cidadania digital.

O vídeo abaixo mostra na prática como é o método de “making” da Escola Eleva. Significa fazer você mesmo e construir algo para aprender melhor.

A metodologia envolve ainda um programa de educação socioemocional, dividido por nível de ensino.

  • Na Educação Infantil os alunos aprendem a reconhecer e nomear sentimentos e emoções básicas, como alegria e tristeza.
  • Nos primeiros anos do Ensino Fundamental aprendem sobre sentimentos complexos, como ciúmes e frustração. 
  • Na sequência, o programa socioemocional prepara os alunos para as mudanças da adolescência
  • No Ensino Médio, o projeto trabalha as escolhas profissionais e o autoconhecimento. 

Por fim, tem um Serviço de Suporte ao Aluno. É um acompanhamento individual para avaliar as necessidades dos alunos e desenvolver estratégias para solucioná-las.

Infraestrutura

As duas unidades têm infraestrutura equivalente, moderna e com espaços amplos. A Unidade da Barra tem 16 mil m², enquanto a de Botafogo tem 12,6 mil m². 

A direção quer expandir a escola Eleva de Botafogo. A proposta é criar um prédio para o Ensino Médio de frente para a praia da Urca. Ela seria então a unidade Botafogo/Urca. 

Estes são os principais espaços de cada uma:

Unidade BotafogoUnidade Barra
BibliotecasQuadras poliesportivas
LaboratóriosCampo de society
Sala de artesPista de atletismo
Sala de músicaSalas de criação
Salas de criaçãoGinásio coberto
Salas multimídiaSalas multimídia
PátioBibliotecas
ParquinhoAuditório
Quadra poliesportivaParquinho
Espaços de convivênciaSala de música
AuditórioTeatro 

Veja algumas fotos da unidade de Botafogo:

E agora fotos da Eleva da Barra da Tijuca:

Qual o valor da mensalidade da Escola Eleva?

Segundo a Forbes, em 2021 a mensalidade custava R$ 5.486. Este é o preço para as duas unidades e para todos os níveis de ensino. Esse custo coloca a Eleva entre as 30 escolas mais caras do Brasil.

Na verdade, essa fama de ser cara vem desde a criação da primeira Eleva no Rio de Janeiro, em 2017. A boa notícia para quem quer uma vaga, mas não tem condições de pagar, é que todos os anos têm bolsa de estudos.

Como entrar na escola Eleva com bolsa?

Para participar da seleção de bolsas, precisa seguir alguns passos:

  1. Se candidatar pelo site da escola.
  2. Entregar documentos que comprovem renda familiar, histórico familiar.
  3. Escrever e entregar cartas de recomendação do candidato e da família.
  4. Fazer provas individuais.
  5. Participar de dinâmicas junto com a família.
  6. Fazer uma entrevista individual.
  7. Fazer o curso intensivo de inglês Bridge Program.

Depois disso, as escolas escolhem os bolsistas com base na necessidade financeira, excelência acadêmica e apoio da família. A busca é por jovens talentosos e esforçados, com habilidades acadêmicas, esportivas ou artísticas. 

O apoio da família também é super importante para conseguir a bolsa. Se ela se mostrar engajada com a educação das crianças, as chances aumentam. Mas se a família tiver condição financeira de pagar colégios particulares no RJ, não tem como ganhar a bolsa.

Como é o processo seletivo da escola Eleva?

As etapas para selecionar novos alunos são iguais nas duas unidades. O processo é assim:

  1. Preencher um formulário de intenção de matrícula.
  2. Agendar uma visita guiada pela unidade desejada.
  3. Participar das provas e dinâmicas de classificação, conforme convocação por e-mail.
  4. Participar de atividades presenciais ou entrevistas.

Os critérios para entrar mudam de acordo com a série:

  • Para o 1º ano do Fundamental as vagas são por ordem de inscrição.
  • No 2º e 3º anos do Fundamental tem uma análise do último boletim.
  • A partir do 4º ano do Fundamental tem uma prova. Caem os temas correspondentes ao último ano dos candidatos.
  • A partir do 9º ano do Ensino Fundamental tem a prova e uma entrevista com a direção do colégio.

Dependendo do caso, podem ter outras dinâmicas para conhecer melhor cada candidato antes de confirmar a vaga. Toda a comunicação sobre essas etapas acontece por e-mail.

Para ver em detalhes e ler os editais completos, acesse o site da escola: 

O Colégio Eleva é bom mesmo?

O método de ensino da escola Eleva é realmente de alto nível. Tem resultados excelentes, como notas dos alunos no Enem e vários aprovados em universidades internacionais.

Além disso, o colégio realmente investe em atividades muito diferenciadas para compor o currículo. Se quiser acompanhar mais, siga a Eleva no Instagram para ter uma ideia.

Outro ponto positivo é a gestão, bem profissional. A Rede de Educação Eleva administra escolas particulares consideradas de elite em todo o Brasil.

E, ao contrário de outras escolas da rede, como o Pensi, a Escola Eleva não tem tantas críticas sobre ser muito puxada ou exigente. Esses comentários até existem, mas não são numerosos nas redes sociais.

Veja alguns comentários dos pais. Primeiro sobre a unidade de Botafogo:

Melhor escola que já conheci. Acolhedora, faz questão da participação dos familiares no desenvolvimento do aluno na aprendizagem. Professores maravilhosos e colaboradores muito atenciosos.

Uma escola realmente preocupada em preparar nossos filhos para os desafios de um mundo em constante transformação. Professores e equipe de altíssimo nível e com experiência nas melhores escolas do país.

E aqui sobre a Eleva da Barra:

Ótima escola na Barra da Tijuca. Um conceito de educação moderno e com instalações primorosas.

Escola de nível de excelência. Sua infraestrutura, corpo docente, empregados e demais membros  são muito atenciosos e bem treinados. É uma escola comparável as melhores escolas do Rio de Janeiro e do país.

As principais críticas que existem são ao modelo da rede Eleva, que gerencia a escola. Ela funciona como uma empresa, com CEO, grupos de investidores e afins. Não é necessariamente ruim, mas pode causar certo estranhamento: 

Não é nada que atualmente interfere na vida dos alunos, mas cria margem para o discurso de que a “Eleva se preocupa com o lucro, depois com a educação”. Essa é uma crítica de uma ex-diretora, inclusive. Não vou me aprofundar, mas você pode ler a discussão completa aqui.

Por conta desse modelo empresarial, recentemente as escolas Eleva foram vendidas. Também não deve interferir diretamente no cotidiano dos estudantes, mas é uma mudança mais significativa do que uma simples troca de diretor ou algo do tipo. 

De qualquer maneira, matricular seus filhos em alguma unidade da Escola Eleva significa ter educação completa e de altíssimo nível.

Se quiser ver outros modelos de escola com metodologia ativa, conheça as escolas montessorianas, com foco total na criatividade e autonomia dos alunos. Ou então o Colégio Pedro II, melhor escola pública do RJ, que tem um ensino mais liberal.